Dorgival Viana Jr

O auxílio emergencial é um benefício do governo criado para auxiliar pessoas em severa dificuldade financeira a passar com um nível menor de dificuldade esse momento de epidemia que nos encontramos.

A primeira parcela ainda não foi paga a todos os beneficiários aprovados e amanhã é iniciado o calendário de pagamento para a segunda parcela (se quiser saber da primeira parcela para os recém aprovados: clique aqui).

Quem irá receber a segunda parcela a partir desta semana?

Nesta semana haverá o início do pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial para dois grandes grupos de beneficiários:

  • Quem recebia Bolsa Família, a partir de segunda dia 18/05;
  • Quem recebeu a primeira parcela do auxílio até o dia 30/04, vai receber a partir de segunda dia 20/05 (quarta-feira).

Apenas esses dois grupos irão receber, de modo que aqueles que receberam em qualquer data deste mês de maio ou ainda sequer receberam a primeira parcela deve aguardar novo calendário.

Calendário de recebimento do Bolsa Família

As famílias que recebiam este benefício irão, durante o período do pagamento do auxílio emergencial, receber esta última benesse do governo, quando o auxílio encerrar voltará a receber o bolsa família.

Quem recebe bolsa família vai receber, como já é de costume, nos últimos dez dias do mês de maio, veja o calendário completo:

blank

Lembrando que o Bolsa Família 2020 (o programa em si) é suspenso enquanto durar o auxílio emergencial, retornando aos valores normais após a suspensão desse novo programa.

Para este grupo, as regras não mudaram.

Calendário para quem recebeu o auxílio emergencial até 30 de abril

Grupo diferente são todos os usuários que se cadastraram no aplicativo, no site ou que tinham CadÚnico e não recebiam bolsa família e que foram aprovados e receberam a primeira parcela até o dia 30 de abril: A segunda parcela terá calendário e regras próprias.

Quais serão as novas regras do auxílio emergencial para essas pessoas?

Segundo o Presidente da Caixa, todos esses usuários que receberam até o dia 30 de abril e não recebiam o Bolsa Família irão receber por uma conta poupança digital e nesta conta o beneficiário não poderá sacar nem transferir o dinheiro por alguns dias.

Assim, primeiramente a Caixa informou que os usuários somente poderão utilizar o dinheiro por meio do Caixa Tem e não poderão transferir nos primeiros dias.

O Caixa Tem permitirá, inicialmente, apenas o pagamento de boletos e a compra com um “cartão de débito virtual” que será aceito em 1.000 lojas, todas na internet.

É dizer: somente estará disponível o uso digital do auxílio.

Posteriormente, segundo o Presidente da Caixa, o aplicativo permitirá compras em algumas lojas físicas, mas isso não tem data para ocorrer.

Esse é o calendário da disponibilização do dinheiro para uso exclusivamente digital:

blank

Quando o dinheiro poderá ser transferido ou sacado?

Diferentemente do pagamento da primeira parcela que também permitia transferência assim que o dinheiro entrou na conta, a Caixa agora abrirá contas poupanças digitais para todos, as mesmas podem ser acessadas pelo aplicativo “Caixa Tem” e, no primeiro momento, somente permitirá pagar boletos e compras online.

O beneficiário poderá sacar a partir do seguinte calendário:

blank

Segundo a Caixa, essa mudança servirá para diminuir aglomerações em agências e permitir o uso digital do dinheiro, o que levará a uma melhor organização dos pagamentos.

Como sacar o auxílio emergencial?

Quem é beneficiário do Bolsa Família vai poder sacar ou transferir assim que o dinheiro estiver disponível, conforme o número do seu NIS, já os demais, como já coloquei, poderá primeiro utilizar apenas digitalmente (pagar boletos ou compras em lojas na internet com um cartão digital de débito).

Todos os que não são usuário do Bolsa família precisarão baixar o aplicativo Caixa Tem para uso digital do dinheiro.

Quem não tem conta em outro banco ou utiliza a poupança digital Caixa

A Caixa criará uma nova conta do tipo poupança digital para todos os usuários que não são do bolsa família.

Para movimentar a conta do tipo poupança digital é necessário utilizar o aplicativo Caixa Tem, nele você pode:

  • Autorizar o saque (quando chegar no dia permitido), neste caso você um código para uso na Caixa ou nos terminais de autoatendimento;
  • Realizar pagamentos de contas diretamente no aplicativo;
  • Transferir para contas de outros bancos (quando chegar no dia permitido);
  • Fazer compras com um cartão digital de débito (só o número) em algumas lojas online, você pode criá-lo diretamente no aplicativo.

Quem escolheu receber em outra conta

Neste caso, mesmo que você tenha optado por receber em uma conta diferente da conta poupança digital da Caixa você só poderá usar digitalmente o dinheiro pelo aplicativo “Caixa Tem”.

Reitero: Mesmo que você tenha recebido em outra conta, a Caixa vai abrir uma poupança digital para você e só permitirá que você utilize digitalmente esse valor nos primeiros dias

O primeiro calendário é para disponibilização do dinheiro e uso digital.

O segundo calendário é para saques e transferências ou mesmo para o dinheiro ser transferido para a conta escolhida pelo beneficiário quando se cadastrou no auxílio emergencial.


Dorgival Viana Jr
Dorgival Viana Jr

Nordestino, morador e apaixonado por Santarém! Pré-candidato a vereador em Santarém pelo Partido Avante Advogado público há mais de dez anos e atualmente Procurador Federal aqui na cidade Busco sempre informar sobre assuntos relevantes aqui da cidade, entre em nossa lista de e-mail, ou entre em contato se tiver dúvidas ou quiser conversar :)

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.